Quem são os jogadores com mais de 100 jogos no Athletico e algumas estatísticas curiosas sobre eles

Preparamos um breve histórico com algumas estatísticas e o que podemos esperar para o futuro de cada um deles. Nessa lista, estão: Leo Cittadini, Santos, Marcio Azevedo, Zé Ivaldo, Nikão e Thiago Heleno.


Vamos iniciar então falando dele, com mais tempo em campo, maior número de jogos, no clube desde 2015, Sr. Maycon Vinícius Almeida da Silva, para nós, Nikão, ou Big Nick… nosso camisa 11! Com quase 29 anos, mineiro de Montes Claros, ele atua como meia-atacante. No último jogo, acumulou um pouco mais de dezessete mil minutos jogados, aproximadamente 220 jogos, com 32 gols, 35 assistências, 35 cartões amarelos e 2 expulsões. Esteve presente nas nossas maiores conquistas! Seu contrato se encerra dia 31/12/2021 e já deixou claro que busca novos desafios. Com valor de venda em aproximadamente 9 Ml de reais, Nikão tem 3 propostas para deixar o clube, sendo estas mantidas em sigilo, deixando os torcedores apreensivos e curiosos para saber qual o seu destino em 2022, mas como já completou 7 jogos pelo Brasileirão, não poderá jogar em outro time brasileiro da série A nessa temporada!


Logo em seguida vem o nosso General, Thiago Heleno Henrique Ferreira, 32 anos, também mineiro, de Sete Lagoas. Veio da base do Cruzeiro, passando por Corinthians, Palmeiras, Criciúma e Figueirense, até chegar ao Athletico e criar raízes, sendo hoje o segundo jogador com maior número de atuações e minutos em campo, vestindo a camisa 44. No clube desde 2017, tem um total de 180 jogos, que totaliza um pouco mais de quinze mil minutos em campo, fez 14 gols, deu 2 assistências, tomou 42 cartões, sendo 38 amarelos e 4 vermelhos. Desses 38 amarelos, foram 2 em uma partida contra o Coritiba em 2020, e 2 em 2021 contra o Melgar, ambos causando sua expulsão na partida. Esteve presente nas conquistas da Copa do Brasil, Sul-Americana e 2 campeonatos paranaenses, não podendo participar da competição Levain Cup em 2019, pois esteve suspenso por 6 meses devido ao doping. Seu contrato acaba em dezembro de 2022. Avaliado em aproximadamente 10 MI de reais, torcemos para que ele complete 300 jogos a frente do CAP.


Aderbar Melo dos Santos Neto, nosso camisa 1, vimos um pouco da história dele em um dos nossos últimos textos… Caso ainda não tenha visto, da uma conferida no material sobre ele e as Olimpíadas de Tóquio.


Com seus 13 anos de clube, hoje acumula 160 jogos, quase quatorze mil minutos em campo, com 9 cartões amarelos! Sofreu 142 gols em todos os seus jogos e em contrapartida, somou 67 jogos sem sofrer gol. Nosso paredão! Avaliado em 16 MI de reais, seu contrato com o clube encerra-se em dezembro de 2023. Agora veremos ele com a camisa da seleção olímpica, fazendo o que ele faz de melhor, fechando o gol!


Márcio Gonzaga Azevedo ou Márcio Azevedo, nosso camisa 35, paraibano da cidade de Guarabira, tem 35 anos e está em sua segunda passagem pelo Athletico, sendo a sua primeira em 2009, onde atuou em 97 jogos, tendo uma lesão e sendo afastado por 5 meses, retornando e fazendo um bom trabalho como lateral esquerdo. Seu retorno ao clube foi em 2018, já colaborando com a taça da Sul Americana. Com um total de 122 jogos, 8.600 minutos, tem contrato até dezembro deste ano e está avaliado em aproximadamente 6 MI de reais.


Com 104 jogos e 4 anos de clube, José Ivaldo Almeida Silva, o Zé Ivaldo, o camisa 27, alagoano de Maceió, com seus 24 anos, também ganhou destaque aqui no site com uma matéria.

Recentemente contabilizou 4 gols, com cerca de 4.000 minutos em campo, soma apenas 8 cartões amarelos e tem feito um belo trabalho! Avaliado em aproximadamente 4,7MI de reais, seu contrato vai até dezembro de 2023.


E por fim, não menos importante, vem ele, um dos musos do time, de um sorriso que deixa qualquer um derretido, Leonardo Cittadini, ou Léo Cittadini, nas redes sociais, chamado de Cittadeuso… Recentemente foi eleito o 2º jogador mais bonito do plantel atleticano! Nascido em Rio Claro, interior de São Paulo, Cittadini, o camisa 18 do clube, tem 27 anos, iniciou sua carreira na base do Guarani, passando ao time principal. Jogou no Santos, Ponte Preta, retornou ao clube da Baixada Santista, e no dia 14 de janeiro de 2019 foi apresentado ao Athletico Paranaense, atuando como meia. Soma 104 jogos, 6.000 minutos jogados, 10 gols marcados, 3 assistências, com uma quantidade baixa de cartões, sendo 14 amarelos e nenhum vermelho. Esteve presente nas conquistas do Paranaense de 2019 e 2020, Copa do Brasil e Levain Cup, ambas em 2019. Hoje avaliado em cerca de 13 mi de reais, Leo tem contrato assinado com o clube até dezembro de 2023.


Todos os jogadores destacados acima, com suas belas atuações, sempre deixam os torcedores aflitos, próximo ao final do contrato de cada um e as informações levantadas mostram que destes, apenas Nikão tem propostas de outros clubes, mas como são informações sigilosas, não conseguimos levantar o nome dos clubes, sabendo apenas que há times nacionais e internacionais envolvidos.


Com isso, torcemos para que mais atletas do nosso elenco possam atingir essa marca de 100 jogos, 150 e até 200 jogos.


Edit: foram levantadas algumas informações de que o Goleiro Santos já bateu a casa dos 200 jogos em dezembro, mas não conseguimos precisar como foi feita a contabilização desses números.

0 comentário

Posts Relacionados

Ver tudo